Início > claustrofobia, liberdade, morar na praia, sufocamento, vento, viagem > The Green and Suffocating Wall

The Green and Suffocating Wall


Na viagem que fiz recentemente tive uma sensação de claustrofobia.

Não sei se o motivo é eu ter sempre viajado e vislumbrado da janela o mar, tão distante, equilátero, infinito.

Dessa vez eu via apenas árvores.

E algo lá dentro de mim dizia: “Pra onde eu poderia fugir?”.

Ou talvez porque por mais que o ônibus percorresse grandes distâncias, o cenário permanecia o mesmo.

Rodopiando no interior de um grande cesto, todo verde, com paredes feitas de troncos, onde não se podia enxergar nada além do melancólico muro e da neblina proveniente daquelas alturas.

E aí me passou pela cabeça, essa idéia de morar na praia.

Onde eu posso ver o mar, e a possibilidade de fuga parece maior.

(Mesmo que eu não saiba nadar, posso comprar um barco).

Talvez seja meu espírito pirata, mas prefiro os peixes aos insetos.

Ah e o vento…

Na mata não existe brisa, pois todas as árvores servem de escudo aos movimentos refrescantes do ar.

Claustrofobia.

Tanto mato, tanto verde, e eu me sentia preso, sufocado.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: